RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O papel das rádios comunitárias


Existem 4.600 rádios comunitárias atuando legalmente no Brasil. Elas estão presentes em 3.700 municípios e cumprem importante papel social na prestação de serviços, no entretenimento e no desenvolvimento local.  O programa desta semana debate o assunto com o coordenador da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), José Sóter, e com o presidente da Rádio Verde Amazônia de Ariquemes (RO), José Giovanni. Por lei, as rádios comunitárias não podem estar a serviço de qualquer instituição, sindicato, igreja ou partido político, razão pela qual devem concentrar seu foco de atuação na prestação de serviços. Mas há distorções e problemas. Nem todas seguem as regras definidas para o setor. Tecnicamente, a principal característica de uma emissora deste tipo é a baixa potência, o que limita o seu alcance. As rádios comunitárias operam com potência de 25 W. Desta forma, sua abrangência é pequena – no máximo, alcançam 1 KW de raio a partir da antena, com boa qualidade de transmissão.
Apresentação: Paulo José Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário