RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Clériston deve virar hospital de custódia


Com a construção de um novo hospital em Feira de Santana, cujo projeto já está pronto, o prédio onde hoje funciona o Clériston Andrade deve ser transformado em hospital de custódia. A revelação foi feita pelo governador Jaques Wagner, que esteve hoje no município para inaugurar a sede da CAR e entregar máquinas para o combate à seca no semi-árido.
 O governador justificou que a estrutura do Clériston Andrade hoje é imprópria para o atendimento que faz. “Estrutura muito antiga, prejudicada, sempre dependendo de manutenções que nunca colocam ele à altura”, acrescentou durante entrevista (ouça o áudio dando PLAY no botão laranja acima).
 Não somente os serviços mas o próprio nome será transplantado para a nova unidade, a ser construída ao lado do Hospital da Criança, que Wagner chamou de novo Clériston. O prédio antigo será reformado. “Uma reforma mais estruturante, e transferir o hospital de custódia”, completou.
 O hospital de custódia e tratamento do estado funcionava em Salvador. Após duas rebeliões, foi considerado fora de condições pelo Ministério Público e Defensoria Pública e a pedido destes órgãos, acabou interditado pela justiça no início de maio. O hospital, na Baixa do Fiscal, recebia indiciados, processados e sentenciados, suspeitos ou comprovadamente portadores de doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardo.
 A transferência do hospital para Feira de Santana, noticiada inicialmente pela imprensa da capital, gerou protesto de políticos locais, mas foi negada pela Sesab, que viu na reação uma “utilização política” do assunto.

Tribuna Feirense

Nenhum comentário:

Postar um comentário