RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Conheça Helsinque, a melhor cidade do mundo para morar



Após três anos na quinta posição, Helsinque, capital da Finlândia, situa-se na primeira posição Foto: Helsinki Tourism & Convention Bureau / Divulgação
Após três anos na quinta posição, Helsinque, capital da Finlândia, situa-se na primeira posição
Foto: Helsinki Tourism & Convention Bureau / Divulgação


Qual é a melhor cidade do mundo para se morar? Segundo a revista britânicaMonocle, que publica anualmente uma pesquisa com as 25 melhores cidades do mundo de acordo com a qualidade de vida, a resposta é clara. Após três anos na quinta posição, Helsinque, capital da Finlândia, situa-se na primeira posição, sobre Zurique e Copenhaguen, em segundo e terceiro lugar, respectivamente.
A revista se baseia em quesitos como taxas de criminalidade, mas também aspectos como a qualidade do ar, os lugares onde morar, se é possível encontrar lojas abertas aos domingos ou se a cidade é um centro de inovação urbana em relação à ecologia e aos transportes públicos.
Um dos motivos pelos quais a revista deu a Helsinque o título de "cidade mais habitável" é o tamanho reduzido de sua população. Com 600 mil habitantes, é uma comunidade unida, onde as pessoas parecem conectadas e não há trânsito nem multidões. A cidade também foi elogiada por incentivar seus negócios e produtores locais, de excelente qualidade, o que tem um efeito muito positivo na economia.
O Maatilatori, no sul da cidade, é uma das lojas preferidas dos habitantes, com alimentos orgânicos e típicos. Aqui é possível também adquirir produtos de outros países nórdicos, como queijos especiais, frutas vermelhas e legumes frescos, com preços mais elevados do que em supermercados.
Outro ponto a favor é o equilibro entre arquitetura tradicional e arquitetura moderna, com belos prédios clássicos, como a fortaleza de Soumenlinna, que faz parte do patrimônio mundial da UNESCO, e obras que representam o melhor do design nórdico moderno, como o Pikkuparlamentti, anexo do parlamento finlandês construído em 2004.
Helsinque, aliás, busca se transformar numa das capitais mundiais do design, tendo inclusive "bairro do design", com diversas lojas, ateliês, museus e restaurantes que ilustram esta faceta, com roupas, joias, móveis e todo tipo de objeto com design inovador e original.
A cidade procura organizar sua urbanização de maneira inteligente, e tem a sorte de ter litoral do mar Báltico e diversos parques, fazendo com que seus habitantes estejam próximos a natureza. O Parque da Esplanada é um dos mais turísticos, mas existem outros belos como o Parque de Alppipuisto, cuja construção data do ano de 1800.
O prefeito de Helsinque, Jussi Pajunen, se mostrou muito feliz com o resultado e declarou: "nós trabalhamos muito para fazer de Helsinque uma cidade saudável, funcional e agradável não só para nossos habitantes, mas também para os turistas".
E não é somente esta frase do prefeito que convida os turistas a visitar a capital finlandesa. Inúmeras atrações fazem da cidade um destino potencial para turistas do mundo inteiro. Museus, como o Museu de Arte Contemporânea Kiasma, o Museu Nacional ou o museu a céu aberto de Seurasaari fazem parte do lado cultural de Helsinque. O zoológico local e o parque de diversões de Linnanmäki, assim como o aquário Sea Life, são ideais para divertir as crianças entre passeios para adultos.
vidaestilo.terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário