RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Dilma, Wagner, César e ACM Neto inauguram Via Expressa


LEIA TAMBÉM: Conheça novas rotas em Salvador com Via Expressa

A presidente Dilma Rousseff, o governador Jaques Wagner, o ministro dos Transportes, César Borges e o prefeito de Salvador, ACM Neto, descerraram na manhã desta sexta-feira (1º) a placa de inauguração da Via Expressa Baía de Todos-os-Santos. “É uma obra monumental, a maior intervenção viária de Salvador nos últimos 40 anos, depois da construção da Avenida Paralela, que vai resolver as questões de mobilidade. Alguém que está em qualquer lugar da Cidade Baixa e queira ir para o Aeroporto, entra em uma pista segregada, sai na BR-324, entra na Paralela sem passar pelo Iguatemi”, afirmou Wagner.

Segundo ele, a história da Via Expressa começou com um projeto que se chamava Via Portuária, com quatro pistas para o trânsito de caminhões entre o Porto de Salvador e o Retiro. “Achamos o projeto muito acanhado para Salvador, porque só resolvia o tráfego de carga pesada. Então, o novo projeto foi uma intervenção com 10 pistas de rolamento, 14 viadutos e três túneis, um deles em dois níveis. Foi algo muito mais à altura do Século 21 e de Salvador”.

O governador destacou a importância dos investimentos em infraestrutura que estão sendo feitos na capital, citando também o metrô, que vai ter 40 quilômetros, os viadutos do Imbuí e de Narandiba, a duplicação da Avenida Pinto de Aguiar e a intervenção na Avenida Gal Costa, que vai da praia até a Suburbana, passando por Pirajá até o Alto do Cabrito.

“O povo todo da Suburbana vai poder pegar o metrô em Pirajá sem precisar ir até a Calçada. São intervenções que, quando ficarem prontas, até o início de 2016, vão acabar com o sofrimento de quem hoje demora até duas horas para ir ao trabalho”, explicou Wagner.


Tribuna Feirense

Nenhum comentário:

Postar um comentário