RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Goleiro Bruno deve ser transferido e voltar a jogar


  Alex de Jesus l Agência Estado
Goleiro assinou contrato com time da 3ª divisão do Campeonato Mineiro
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) avalia a possibilidade de que o goleiro Bruno Fernandes, condenado a 22 anos e três meses de prisão pela morte da modelo Elisa Samúdio, mãe do filho do ex-atleta, volte a jogar futebol. Nesta quarta-feira, 16, o Fórum de Contagem, onde ele foi condenado, deu parecer favorável à transferência do jogador para Montes Claros, no Norte do Estado.
Caso consiga a transferência, Bruno treinaria e jogaria no time local, o Montes Claros, que disputa o Módulo II (terceira divisão) do Campeonato Mineiro. Para isso, ele precisaria que um preso de Montes Claros viesse para Contagem, onde está encarcerado. No início do mês, ele assinou contrato com o time. Uma vez na cidade, poderia trabalhar durante o dia, mas teria que dormir na cadeia, e ficaria impossibilitado de viajar com o clube.
Para isso, no entanto, teria que progredir do regime fechado, que cumpre atualmente, para o semiaberto. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, a progressão aconteceria apenas em 2018. Um dos defensores de Bruno, Francisco Simini, acredita que a volta aos gramados possa acontecer antes disso. "Há algumas situações que a lei permite que o preso em regime fechado saia para trabalhar e estudar. Utilizaremos esses recursos", adiantou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário