RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Obra do BRT começa terça-feira no cruzamento da Getúlio com Maria Quitéria

Glauco Wanderley

Governo vai intervir logo no que talvez seja o trecho mais problemático da obra

O local da intervenção é onde o governo afirma que será retirado o maior número de árvores
A intervenção mais drástica prevista no projeto do BRT começa na próxima terça-feira. A prefeitura publicou hoje no Diário Oficial Eletrônico uma portaria da Superintendência Municipal de Trânsito, com uma mapa do desvio que será feito devido à interdição da via durante a obra de construção da trincheira que fará com que a avenida Maria Quitéria passe sob a Getúlio Vargas, eliminando o cruzamento.
A medida indica que a prefeitura vai encarar logo o lado mais difícil da obra em termos de impacto ambiental (pelo menos do que o governo diz que será o ponto com maior retirada de árvores). Este cruzamento, como mostra a imagem abaixo, é bastante arborizado e com algumas árvores frondosas.
Com a disposição de enfrentar logo este trecho, o governo criará um fato consumado, no momento em que têm se avolumado as reclamações contra a obra, precisamente por causa da retirada de árvores.
O próprio prefeito fez questão de ampliar a publicidade da decisão, divulgando hoje pela manhã em sua página do Facebook, o texto da portaria da SMT, acompanhado do mapa de como será desviado o tráfego, que você pode conferir no final deste texto. Após a obra pronta o governo espera capitalizar uma melhoria significativa ou a resolução total dos engarrafamentos que hoje aborrecem quem transita pela Maria Quitéria.
Será interditado o trecho da Maria Quitéria começando no cruzamento das duas avenidas e indo até a altura do Pátio Buriti em direção à presidente Dutra.
Enquanto durar a obra, o trânsito já difícil do local, ficará infernal. Pelo cronograma, a previsão é que a trincheira leve seis meses para ficar pronta, de acordo com o secretário de Planejamento, Carlos Brito. A outra trincheira, no cruzamento da João Durval com Presidente Dutra, só deve ser iniciada depois que a primeira ficar pronta.
Na Getúlio Vargas, quem vier do Centro rumo ao Contorno, terá que entrar à direita na altura do Bradesco, atravessar a avenida Sampaio, continuar na rua Juraci Magalhães e entrar na Maria Quitéria apenas para pegar o retorno, virar à direita novamente na Brigadeiro Eduardo Gomes e à esquerda na Rua Torres, se quiser retomar a Getúlio Vargas rumo a Capuchinhos, Santa Mônica e SIM.
Será o mesmo desvio obrigatório para quem estiver na Maria Quitéria vindo da Brasília. Estes motoristas, se tiverem a intenção de continuar descendo a Maria Quitéria rumo aos bairros Ponto Central, Coronel José Pinto e zona Norte da Cidade, terão que pegar o retorno na Getúlio Vargas (em frente ao Ministério Público de um lado e do Banco do Brasil do outro), para enfim voltarem à Maria Quitéria na altura do Emec.
Quem vem subindo a Maria Quitéria pela Queimadinha, se desejar seguir sentido Tomba, terá que entrar na Getúlio em frente ao Feira Palace, para pegar o primeiro retorno e depois fazer o mesmo trajeto explicado acima - pegando a Juraci Magalhães - para voltar à Maria Quitéria.
O mapa da prefeitura não deixa claro se quem vem da Santa Mônica e Parque Getúlio Vargas pela Getúlio, rumo ao Centro, poderá passar em frente ao Emec e seguir reto. A área de interdição indicada pelo retângulo laranja não alcança este trecho. Em compensação, as setas em azul indicam
 uma virada obrigatória à direita na altura do Emec.

Tribuna Feirense

Nenhum comentário:

Postar um comentário