RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Clínica onde modelo morreu é interditada em fiscalização sanitária

A clínica está impedida de funcionar até que ele regularize sua documentação junto ao órgão


Divulgação
A vigilância sanitária municipal de Niterói interditou a clínica Wagner Moraes Cirurgia Plástica, localizada em São Francisco, bairro nobre do município, onde a modelo Raquel Santos fez um procedimento estético no rosto, na segunda-feira passada, e morreu horas depois no Hospital Icaraí.
De acordo com a prefeitura do município, técnicos da vigilância sanitária e controle de zoonoses de Niterói encontraram medicamentos vencidos, além de amostras de pele humana armazenadas em geladeira. Ainda de acordo com a prefeitura, a clínica está impedida de funcionar até que ele regularize sua documentação junto à Vigilância Sanitária municipal.
O viúvo Gilberto de Azevedo e a mãe de Raquel já prestaram depoimento na 79ª DP (Jurujuba). Os dois disseram que a modelo fez uma série de procedimentos estéticos, entre os dias 4 e 11 de janeiro. O primeiro deles foi uma aplicação nos glúteos, em uma clínica da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. No mesmo período, fez um tratamento odontológico com uso de anestesia e ainda usou um tranquilizante de tarja preta. No dia 11, ela se submeteu a um procedimento no rosto, conhecido como bigode chinês, que foi feito pelo médico Wagner de Moraes.
Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário