RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

sábado, 9 de março de 2013


Por hora, duas mulheres dão entrada no SUS vítimas de abuso

No ano passado, mais de 18 mil mulheres chegaram ao Sistema Único de Saúde com indícios de violência.


Segundo o Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) do Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu em suas clínicas e hospital uma média de duas mulheres por hora com sinais de violência sexual em 2012.

Foram atendidas 18.007 mulheres, a maioria delas, 75%, eram crianças, adolescentes e idosas. Geralmente, num percentual de 60% a 65%, o agressor é alguém próximo á vítima.

O número de denúncias de abusos pelo disque 180 passou de 320 em 2006 para 1.686 em 2012. A lei possibilita que a mulher seja atendida em um sistema de saúde especializado e permite que uma possível gravidez seja interrompida, caso a vítima opte por isso.

O Sistema Viva foi implantado em 2006, em algumas unidades do SUS. Em 2011, as notificações passaram a ser universalizadas para todas as unidades. Essas estatísticas funcionam como um indicador, pois não constam casos de violência em que a mulher não procurou atendimento médico. 

(Informações via Acorda Cidade)
Foto: divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário