RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

quinta-feira, 7 de março de 2013


Projeto de BRT de Feira aprovado no Ministério das Cidades

Ônibus articulados vão trafegar em vias exclusivas


A implantação do sistema BRT - Transporte Rápido de Ônibus - em Feira de Santana foi anunciada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, na manhã desta quinta-feira, 7, em entrevista concedida à imprensa, no Paço Municipal Maria Quitéria, onde o chefe do Executivo falou sobre o resultado da reunião que manteve na quarta-feira, 6, em Brasília, com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro.

O BRT é um sistema que funciona com ônibus articulados, que transportam maior número de passageiros e trafegam em canaletas exclusivas. A prefeitura vai começar a preparar a licitação para contratação de empresa para elaborar o projeto executivo. “100% da malha viária por onde vai passar o transporte será pavimentada, parte com concreto armado”, anunciou Ronaldo.

O projeto, encaminhado pela prefeitura no ano passado, ainda na gestão do prefeito Tarcízio Pimenta, requer um conjunto de intervenções consideradas necessárias pela complexidade do investimento. Em função disso, serão implantadas ciclovias, duas novas estações de transbordo nos bairros Pampalona e SIM, construídos abrigos de ônibus dotados de melhor estrutura (alguns, inclusive, com ar condicionado), instalação de GPS (Sistema Global de Posicionamento) nos ônibus visando a redução do tempo de espera dos usuários, linhas exclusivas, e investimentos na acessibilidade de transeuntes, através da melhoria de calçadas.

Além destas obras estão previstas construções de passagens subterrâneas entre as avenidas Maria Quitéria e Getúlio Vargas, e Maria Quitéria e Presidente Dutra. As obras aprovadas para Feira de Santana terão recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), através da Caixa Econômica Federal.

No "Diário Oficial da União", edição de quarta-feira, foi divulgada a proposta do município selecionada e inserida no PAC 2.
Tribuna Feirense

Nenhum comentário:

Postar um comentário