RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

domingo, 21 de junho de 2015

Reprovação de Dilma só não é pior que a de Collor antes do impeachment

 A rejeição ao governo da presidente Dilma Rousseff subiu para 65%, o pior nível de sua gestão, e o senador Aécio Neves venceria as eleições de 2018 em uma eventual disputa contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo indicou uma pesquisa divulgada neste sábado.
De acordo com o Instituto Datafolha, a rejeição à gestão da presidente só é superado pelo 68% que alcançou em setembro de 1992 o então presidente Fernando Collor de Mello, poucos dias antes de seu impeachment.
Em comparação com a pesquisa anterior realizada em abril, o índice de aprovação de Dilma caiu três pontos percentuais, até 10%.
Em abril, a desaprovação ao governo tinha alcançado 60% dos consultados e o aumento de cinco pontos percentuais em junho, de acordo com a pesquisa, está relacionado à insegurança sobre empregos e salários devido às medidas de ajuste fiscal adotadas pela equipe econômica.
Além disso, o instituto de pesquisa simulou também um eventual cenário eleitoral para 2018.
Segundo os consultados, Aécio, candidato do PSDB derrotado por Dilma no ano passado,
venceria o primeiro turno no pleito de 2018 com 35% das intenções de voto, contra 25% de Lula, potencial candidato do PT.
Marina Silva, terceira colocada nas eleições de 2010 e 2014 com 20% dos votos, teria em 2018 o apoio de 18% do eleitorado.
A pesquisa foi realizada nos dias 17 e 18 de junho com 2.840 pessoas em 174 municípios e tem uma margem de erro de dois pontos percentuais. 

Notícias Bol

Nenhum comentário:

Postar um comentário