RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

segunda-feira, 23 de maio de 2016

  • Jucá diz que gravação é algo 'banal' e que não pedirá para deixar ministério



    Jucá diz que gravação é algo 'banal' e que não pedirá para deixar ministério
    O ministro do Planejamento, Romero Jucá, afirmou nesta segunda-feira (23) que considera "algo banal" a gravação de um diálogo com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, na qual ele sugere um "pacto" para tentar barrar a Operação Lava Jato. O ministro disse ainda que não se sente "tolhido para trabalhar" e que, portanto, não pedirá para deixar o cargo. As conversas, reveladas pelo jornal "Folha de S.Paulo, ocorreram em março deste ano.

  • Gravações que envolvem Jucá podem levar a uma crise grave, diz Aleluia



    Gravações que envolvem Jucá podem levar a uma crise grave, diz Aleluia
    Foto: Divulgação
    O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) afirmou que as gravações entre o ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, “podem levar a uma crise grave aos envolvidos”. “Temos que analisar com calma e profundidade as informações que foram publicadas. Em princípio, são informações graves, que precisam ser objeto de análise cuidadosa. Antecipei minha ida a Brasília por isso. 

  • Psol disputará prefeitura de Feira



    Psol disputará prefeitura de Feira
    Foto: Divulgação
    O PSOL de Feira de Santana realizou no dia 14 de maio o seu III Congresso Municipal. A atividade teve o objetivo de discutir a organização partidária, além de debater a conjuntura política nacional e local e o cenário eleitoral de 2016. Na oportunidade, foram criados os núcleos de Mulheres, Negras e Negros, LGBT, Comunicação e Direito à Cidade, que buscam articular as ações partidárias nesses campos, bem como promover a organização e resistência nesses setores diante de...

  • Nova fase da Lava Jato investiga ex-assessor do PP



    Nova fase da Lava Jato investiga ex-assessor do PP
    Foto: Reprodução/Ilustrativa
    A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (23) a 29ª fase da Lava Jato, Operação Repescagem, que cumpre seis mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva e dois mandados de prisão temporária nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Recife. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba em investigação de crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa envolvendo verbas desviadas da Petrobrás.

  • Temer volta a Brasília após fim de semana em São Paulo



    Temer volta a Brasília após fim de semana em São Paulo
    Foto: Reprodução
    O presidente interino Michel Temer embarcou hoje (22) de São Paulo para Brasília por volta das 15h30. Temer estava na capital paulista desde sexta-feira (20). A Agência Brasil não conseguiu confirmar com a assessoria do presidente interino o motivo do retorno a Brasília no meio da tarde. Uma manifestação contra o governo Temer, organizada pela Frente Povo Sem Medo, começou por volta das 14h no Largo do Batata, na região central de São Paulo, e de lá seguiu em uma caminhada de cerca de 3 quilômetros...

  • Senado define na terça-feira novo cronograma do processo de impeachment de Dilma



    Senado define na terça-feira novo cronograma do processo de impeachment de Dilma
    Foto: Reprodução
    A segunda etapa do processo contra a presidenta afastada Dilma Rousseff no Senado começa nesta terça-feira (24) com a apresentação do plano de trabalho do relator da Comissão Especial do Impeachment, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Até agora, já foi dado prazo de 20 dias, que terminam no dia 31 de maio, para que a presidenta afastada apresente uma nova defesa por escrito. Chamada de pronúncia, é nesta fase que também são juntadas ao processo todas as provas consideradas importantes.

  • 'Não entendi', diz Wagner sobre nomeação de Pinheiro após saída do PT



    'Não entendi', diz Wagner sobre nomeação de Pinheiro após saída do PT
    Coube ao ex-ministro Jaques Wagner expressar publicamente a incógnita que ronda grande parte da base aliada ao PT e da oposição desde que o governador Rui Costa trouxe o senador Walter Pinheiro (sem partido) para a cúpula do Palácio de Ondina. Ao ser indagado sobre a nomeação de Pinheiro para a Secretaria Estadual da Educação, em entrevista à Rádio Metrópole, Wagner foi direto: “Do ponto de vista da política, eu não entendi, depois dele sair do PT.” 
  • Futuro ministro da Cultura diz que setor é "estratégico" para o país



    Futuro ministro da Cultura diz que setor é
    Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
    O secretário nacional de Cultura, Marcelo Calero, disse hoje (21), em nota, após a confirmação de que o Ministério da Cultura será recriado, que o setor é “eixo estratégico para o desenvolvimento do Brasil”. Calero foi confirmado como novo ministro da pasta e deve tomar posse terça-feira (24). “É preciso compreender a cultura dentro de uma visão democrática e inclusiva, valorizando a diversidade de nossas manifestações.
  • Ministro da Fazenda de Dilma classifica nova meta fiscal de 'cheque especial'



    Ministro da Fazenda de Dilma classifica nova meta fiscal de 'cheque especial'
    Foto: Reprodução
    Em mensagem publicada ontem (21) no perfil da presidenta afastada Dilma Rousseff no Facebook, o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa classificou a nova meta fiscal de R$ 170,5 bilhões, anunciada ontem (20) pela equipe econômica do governo do presidente interino Michel Temer, de um “cheque especial” e um “piso fiscal”, representando um “valor máximo” capaz de acomodar cenários mais pessimistas de redução de receita e aumento das despesas. 
  • Jucá diz que não há previsão de aumento de impostos em curto prazo



    Jucá diz que não há previsão de aumento de impostos em curto prazo
    Foto: Wilson Dias/Arquivo Agência Brasil
    O ministro do Planejamento, Romero Jucá, disse, após se reunir com o presidente interino, Michel Temer, em São Paulo, que no curto prazo, não há previsão de aumento de impostos. Jucá, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, Moreira Franco, passaram a tarde com Temer finalizando o pacote de medidas para aumentar a arrecadação e reduzir as despesas públicas, que deve ser anunciado na próxima semana. 
  • Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário