RÁDIO ARQIVO5

http://streaming29.hstbr.net/player/radioarquiv

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

TSE proíbe Aécio de falar de irmão de Dilma em propagandas

O Tribunal Superior Eleitoral proibiu o candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves, de falar sobre o irmão de Dilma, Igor Rousseff, em propagandas, avança o site Terra.

TSE proíbe Aécio de falar de irmão de Dilma em propagandas
Aécio Neves está proibido de falar sobre o irmão de Dilma Rousseff durante as suas propagandas.
A decisão foi tomada no Tribunal Superior Eleitoral e o candidato tucano não pode veicular informações em suas campanhas, na rádio ou na TV, se referindo a Igor Rousseff.
A decisão do ministro-relator do caso, Admar Gonzaga Neto, foi usada com base na decisão do último sábado de outro ministro, Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, que pediu ao PT para retirar do ar a propaganda que ataca o tucano pela construção do Aeroporto de Cláudio, em um terreno de um familiar do candidato.
“O candidato Representado (Aécio Neves), utilizando-se de uma mentira, atribuiu ao Representante (Igor Rousseff), um ato de improbidade administrativa, além de ofender sua honra”, explicou o ministro em sua decisão.
Aécio acusou, durante o debate com a sua rival realizado na última quinta-feira, que Igor Rousseff não aparecia para trabalhar.
“O seu irmão, candidata, foi nomeado pelo prefeito Fernando Pimentel, no dia 20 de setembro de 2003 e nunca apareceu para trabalhar, candidata! Essa é a grande verdade, lamento ter que trazer esse tema aqui”, disse Aécio durante o debate.
“O seu irmão recebe e não trabalha nada. Infelizmente, agora nós sabemos porque a senhora disse que não nomeou parentes no seu governo”, completou.

Notícia ao minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário